LinkedIn

Não sabe o que fazer após uma demissão? Veja essas 5 dicas

Redação

3 de fevereiro de 2023

COMPARTILHE

Muitos profissionais do setor de tecnologia foram surpreendidos nos últimos meses com uma demissão, em meio à série de cortes em massa promovidos por big techs como Meta, Amazon, Google e Microsoft. Com as unicórnios e as startups de tecnologia, elas demitiram juntas mais de 97 mil pessoas em 2023, o que acende alertas para crises em outras empresas do setor e para seus colaboradores.

Na análise da consultoria Korn Ferry, mesmo em um momento de muitos cortes, o profissional pode reverter uma situação negativa e tomar dois possíveis caminhos. Entre eles, se recolocar no mercado de trabalho ou buscar aquela nova área de atuação sonhada e que não era possível por falta de oportunidade, achar que não era o momento certo ou por receito de tentar algo diferente.

Glaucy Bocci, Senior Client da Korn Ferry, lembra que para ambos os casos, uma das principais estratégias é o networking. “Seja para uma recolocação ou para conhecer uma nova área, conte para a sua rede de contatos qual momento você está vivendo. Isso pode ajudar a expandir os horizontes profissionais e ajudar a desenvolver uma nova carreira”, explica a executiva. Para aqueles que buscam orientação nesse momento da carreira, Glaucy destaca alguns conselhos e dicas que podem ajudar.

Veja 5 dicas do que fazer após uma demissão:

  1. Faça uma (re)organização
    Glaucy aconselha que o profissional realize um momento de reflexão para entender quais caminhos ele quer trilhar para a carreira. “Reunir competências, lembrar quais são suas habilidades, conhecimentos e experiências e colocá-los em uma lista ajudará a mapear possibilidades reais de mudança ou recolocação”.
  2. Mapeie o mercado
    Seja para trilhar uma nova carreira ou mudar de empresa, faça um mapeamento completo do mercado para entender quais são as áreas mais aquecidas no momento, quais estão com alta demanda de contratação e que mais se assemelham com o seu perfil profissional. “Setores como mercado financeiro, logística, vendas, recursos humanos e marketing devem seguir bem aquecidos em 2023, com cargos que vão desde analista até direção. Em tecnologia, apesar de um 2022 bem turbulento, a escassez de talentos vai movimentar a área”, comenta Glaucy.
  3. Ative suas redes estratégicas
    Glaucy recomenda utilizar da sua lista de competências para atualizar as redes de contatos profissionais. “Atualize o seu currículo e o LinkedIn. Mostre para todos quais são suas principais habilidades, que está atualizado no mercado e onde quer chegar. Uma rede de contatos que te vê, é uma trilha repleta de oportunidades”.
  4. Se não estiver tão atualizado…
    Qualificações técnicas e comportamentais atualizadas aumentam, e muito, a empregabilidade no mercado. “O profissional precisa compreender que é fundamental estar conectado às novidades do mercado. Portanto, busque aprimorar tecnologias, um novo idioma, fazer cursos online ou presenciais que estejam em linha com a sua nova proposta profissional. Assim ficará mais fácil de colocar os planos em prática”, orienta Glaucy.
  5. Desenvolva soft skills em alta
    Muitas habilidades são importantes, mas algumas estão sendo mais demandadas do que outras. “Empatia, proatividade, resolução de conflitos, atenção aos detalhes e análise de temas complexos são expertises chave nas empresas hoje. Isso se aprende fora de cursos, portanto, converse com colegas que conviveram com você ou um líder direto que confie para obter feedbacks e melhorar no que for possível”, aconselha a executiva.

Via IT Forum

TAGS:
carreiracertificado digitalcompetências comportamentaiscursoscursos gratuitoshabilidades e competênciashabilidades humanasmercado de trabalhosoft skillsvagas

Conteúdos relacionados

Bem vindo de volta