compras

PMEs faturam R$ 1,2 bi no e-commerce no primeiro semestre

Faturamento no período saltou 20%. Ticket médio dos pedidos também teve alta de 10%, com segmento de moda sendo o mais procurado

Redação

18 de julho de 2022

COMPARTILHE

O e-commerce brasileiro de pequenos e médios negócios faturou R$ 1,2 bilhão nos seis primeiros meses de 2022, um crescimento de 20% em relação ao mesmo período de 2021, segundo dados da Nuvemshop.

Entre janeiro e junho de 2022, foram vendidos 21,8 milhões de produtos. O ticket médio dos pedidos também teve aumento no período, subindo 10% e representando uma média de R$ 243 gastos.

O segmento que liderou as vendas no período foi o de Moda, com R$ 471,1 milhões, seguido por Acessórios (R$ 97 milhões) e Saúde & Beleza (R$ 87,4 milhões).

De acordo com a Nuvemshop, o crescimento do e-commerce neste primeiro semestre comprova que empreendedores têm aderido cada vez mais a esse tipo de venda e os consumidores cada vez mais acostumados com a compra via internet.

O estado que liderou as vendas online foi São Paulo, que registrou um faturamento de R$ 612,7 milhões. Entre os cinco estados com maior faturamento de PMEs também estão Minas Gerais (R$ 128,1 milhões), Rio de Janeiro (R$ 79 milhões), Ceará (R$ 66 milhões) e Santa Catarina (R$ 64,8 milhões). Dos cinco, o estado que apresentou o maior crescimento em faturamento foi o Ceará, com aumento de 35,8% em relação ao ano passado.

TAGS:
e-commercemercadotecnologia da informação

Conteúdos relacionados

Bem vindo de volta